Busca

Formulário de busca

Geral

19/05/08  10h58m - Salvador - BA

G.Barbosa filma clientes no provador

Carine Aprile Iervese, do A TARDE


Crédito: Abmael Silva | Agência A TARDE
Rosemary Rodrigues prestou queixa na 9ª Delegacia
Rosemary Rodrigues prestou queixa na 9ª Delegacia

Imagine-se experimentando uma roupa no provador de uma loja e, quando você menos espera, percebe que tem uma câmera lhe filmando. Foi o que aconteceu neste domingo,18, por volta das 14 horas, no supermercado G.Barbosa localizado no Costa Azul, Salvador, com a administradora de empresas Rosemary Rodrigues da Silva, 39 anos.

 

“Fui experimentar uma calça. Tirei a que estava vestida e, quando olhei para cima, percebi a câmera me filmando. Tomei um susto, tentei me esconder no cantinho do provador, mas não adiantava, porque, pelo espelho, dava para me ver completamente. Fiquei nervosa, tremendo. Me senti invadida e estou indignada”, declara ela, que prestou queixa na 9ª Delegacia, localizada na Boca do Rio, e pretende processar o supermercado por danos morais.

 

A delegada de plantão da 9ª Delegacia, Maria Cristina Pereira, que registrou a queixa de Rosemary, disse que vai intimar os responsáveis da loja para que o fato seja esclarecido. “Entendemos que houve constrangimento. Se ficar provado, vamos tomar as providências, como a instauração de um inquérito”, afirma.

 

Segundo o marido de Rosemary, Ricardo Santana, que chegou ao local depois da ligação da esposa, o gerente e o encarregado de segurança da loja afirmaram que não podiam fazer nada e se mostraram despreparados para lidar com a situação. “Eles mesmos ficaram desconcertados quando colocamos os dois dentro do provador e mostramos que a câmera filmava tudo”, conta Ricardo.

 

De acordo com Rosemary, ela ficou duas horas e meia dentro do supermercado tentando resolver o problema, sem sucesso. “Eu só queria que eles me mostrassem e apagassem as minhas imagens. Eles confirmaram que a câmera estava ligada, mas não nos permitiram ver as imagens.”

 

O encarregado da segurança do GBarbosa, Jackson Costa, afirmou que não podia mostrar as imagens por determinação da empresa. Depois da reclamação de Rosemary, a única providência tomada pelo estabelecimento foi a interdição daquele provador – único que a câmera filmava. As atendentes do supermercado ainda tentaram reverter a situação, dizendo à equipe de reportagem de A TARDE que aquele provador estava com defeito e por isso estava fechado.

 

A gerente de setor, Priscila Portilho, entrou em contato com a diretoria do GBarbosa. “Eles afirmaram que vão fazer uma vistoria no local e pediram para que vocês aguardassem o resultado do laudo, mas eu não sei informar qual o prazo para isso”. A cliente Rosemary disse ainda que já havia usado provadores do GBarbosa para experimentar biquínis, mas não tinha percebido a câmera.


Enviar Imprimir 1 Comentário(s)

Arquivo

1 2 3 4 5 6 7 8 | Próximo »


Enquete

Em sua opinião, qual vereador de Paulo Afonso é o MENOS atuante?

Antônio Alexandre
Bero do Jardim Aeroporto
Bero do Jardim Bahia
Edson Oliveira (Dinho)
Ivaldo Sales
Juvenal Teixeira
Luiz Aureliano
Marcondes Francisco
Marconi Daniel
Manoel Carreira
Pedro Macário
Petrônio Nogueira
Regivaldo Coriolano
Zé Carlos
Zezinho do INSS

Resultado Parcial

Turismo em Paulo Afonso-BA

Boca no Trombone



ozildoalves.com.br
Avenida Getúlio Vargas, 567
Paulo Afonso, Bahia
CEP: 48601-260
Fone: (75) 3281-9421